Home Últimas do PQI

Pequenas dicas de como preparar a parede fazem toda a diferença

Se você está pensando em pintar a parede de sua casa e acha que tinta, rolo e fita crepe é suficiente, você está enganado. Uma parede bem preparada antes de receber a tinta, evita dores de cabeça com o resultado, além de garantir durabilidade e melhor desempenho na pintura.

Carlos Eduardo Carvalho, engenheiro químico do PQI – Paint Quality Institute –, explica que a preparação de superfície traz uma diferença marcante na hora de ver os resultados. “É muito importante preparar a parede, pois a performance da tinta, se você não tiver uma superfície bem preparada, fica com a durabilidade comprometida”, explica Carlos. Os problemas de pintar diretamente a parede vão desde descascamento precoce, tons diferentes, manchas e gasto excessivo de tinta. Para evitar, o processo pode não parecer fácil, mas garante tranqüilidade por alguns anos.

O PQI separou os passos principais para a preparação. Acompanhe abaixo:

  • Faça uma inspeção visual detalhada na superfície e veja quais as necessidades.
  • Se houver mofo na parede, limpe a superfície com uma solução de 3 partes de água e 1 de água sanitária. Deixe secar totalmente antes de pintar. Sempre aplique a solução limpadora com o local arejado, pois a inalação pode irritar narinas e olhos. Verifique as causas do mofo e tente solucioná-las. Use tintas anti-mofo de alta qualidade para evitar novos pontos do problema.
  • Se houver outro tipo de mancha, limpe também com água e sabão ou com um limpador. Se a mancha não sair, é possível que depois da pintura, ela migre até a superfície, prejudicando a tinta. Para evitar que isso aconteça, aplique um selador que bloqueie essa mancha. Verifique também a causa do problema, pois se estiver no interior da parede é possível que volte a aparecer após um tempo.
  • Se houver pequenos reparos, como no caso de buracos, use massa corrida PVA ou acrílica. Após a aplicação, espere secar completamente e lixe a área para igualar. Limpe depois com um pano úmido e espere secar.
  • Se houver tinta descascada, com uma espátula ou lixa retire as partes soltas. Lixe e, em seguida, limpe com um pano umedecido em água.
  • Se houver infiltração, repare o vazamento, espere sair a umidade, realize uma limpeza com a solução de água e água sanitária, e aplique um fundo preparador para paredes. Lembre-se de que se a fonte da infiltração não for eliminada, o problema voltará rapidamente e a pintura ficará arruinada.
  • Para superfícies em gesso novo ou alvenaria, é indispensável aplicar um selador antes da pintura para evitar que a parede absorva muita tinta e crie manchas.

Essas são algumas dicas básicas para preparação da superfície, mas vale lembrar que para todos os tipos de superfícies é aconselhável, após a limpeza, aplicar um fundo preparador de paredes que garante a durabilidade e dá um acabamento perfeito à tinta. “No mercado temos diversas marcas de preparadores e selantes. Procure o que se adequa a superfície e sempre leia as instruções do rótulo”, avisa Celdia Lizardo, engenheira química do PQI. “Também é fundamental avisar que se optar por um fundo preparador base solvente, deve ter cuidado com a pele e com inalação. Deixe o local sempre aberto para arejar”, finaliza.

Jornalista Responsável: Cecília Etchecoin
MTB: 3963/16/PR

 
 

 

© 2004 Rohm and Haas. Todos os direitos reservados. Web Design: Giallo/QuartaDesign